O resultado do vício

Ela chegou e o encontrou no sofá com os olhos arregalados e estáticos. Chamou pelo seu companheiro, mas não obteve resposta.

O mau cheiro que exalava do corpo dele entrou pelas suas narinas e seu estômago embrulhou. A casa estava do mesmo jeito que havia deixado há uma semana, como se nenhuma presença de vida tivesse passado por ali nos últimos dias.

Seus sentimentos não se sustentaram dentro do peito e sua fala saiu bem mais alta do que esperava. Foi quase um grito:

— Amor! Você está me ouvindo?!

Então, como se sua voz o resgatasse do tártaro, ele deu sinais de consciência. Um pouco desorientado ainda:

— Hãn… Oi? Ah… é você? Já chegou?

— Há uns vinte minutos!

— Pensei que fosse voltar de viagem só na sexta-feira.

— Hoje é sexta.

— Sério? Nossa… comprei um jogo novo e acabei me distraindo.

— Tô percebendo. Você tomou banho?

— Tomei…

— Que dia?

— Na quarta.

— Você não tem vergonha? Um adulto deixando suas responsabilidades de lado por causa de videogame?!

— Mas, amor, esse é o novo GTA! O jogo não acaba nunca… toda hora aparece uma missão nova!

Ela partiu determinada em sua direção e arrancou o controle das mãos do marido:

— Não acredito que você comprou o novo GTA!

Sentou-se no sofá e começou a navegar pelo menu do jogo, apertando todos os botões que conhecia. Não conseguiu conter sua empolgação:

— É verdade que dá pra transformar todo mundo em zumbi?! Deixa eu jogar!

E, depois disso, viveram juntos para sempre. Dentro de casa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s